quarta-feira, 26 de abril de 2017

Picassos Falsos - Quadrinhos






A carta que você me escreveu não dizia a verdade 
Você mentiu da mesma forma que os jornais falam da realidade 
Estou desempregado, vagabundo dormindo no seu coração 
Um soldado solitário, que não pode nem comer um pedaço do seu pão 


Meu amor, olhe pros lados, 
Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais 
Meu amor, olhe pros lados, 
Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais 
Quer virar manchete, cansei de ser croquete 


De ser engolido pelas grandes notícias, tanta falsidade 


Vendo bem, debaixo da minha barba, mil coisas acontecendo 
Não é o sol do verão que vai mudar esse mau tempo 


Meu amor, olhe pros lados, 
Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais 
Meu amor, olhe pros lados, 
Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais 


Quer virar manchete, cansei de ser croquete 
De ser engolido pelas grandes notícias, tanta falsidade 
Vendo bem, debaixo da minha barba, mil coisas acontecendo 
Não é o sol do verão que vai mudar esse mau tempo 


Meu amor, olhe pros lados, 
Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais
Meu amor, olhe pros lados, 


Desde criança só lemos os quadrinhos dos jornais


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...