domingo, 17 de novembro de 2013

Som - Carlos Drummond de Andrade

 SOUND
CLIQUE NA FIGURA


Som
Nem soneto nem sonata
Vou curtir um som
Dissonante dos sonidos
Som
Ressonante de sibildos
Som
Sonotinto de sonalgas
Nem sonoro nem sonouro
Vou curtir um som
Mui sonso, mui insolúvel
Som não sonoterápico
Bem insondável, som
De raspante derrapante
Rouco reco ronco rato
Som superenrolado
Com se sona hoje-em-noite
Vou curtir, vou curtir um som
Ausente de qualquer música
E rico de curtição.

ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia e Prosa. 5 ed. Rio de Janeiro, Aguilar, 1979. p. 784


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...